Investigação Revela Como Site Defendia Dilma Com Rede D

31 Mar 2019 09:42
Tags

Back to list of posts

<h1>Fisl14 Traz A Porto Animado Grandes Nomes Da Tecnologia Mundial</h1>

<p>Armando Santiago Jr. passava o dia inteiro atr&aacute;s da tela do pc escrevendo textos para seu site de pol&iacute;tica. Era come&ccedil;o de 2010, e ele defendia com unhas e dentes tua candidata presidencial, Dilma Rousseff (PT), aposta do dessa maneira presidente Lula. O &quot;companheiro Armando&quot;, como era chamado por outros blogueiros, se descrevia no Orkut como &quot;um cidad&atilde;o brasileiro indignado com a a&ccedil;&atilde;o criminosa dos tucanos&quot; pela campanha eleitoral. Era casado, tinha cinquenta e seis anos e vivia em Po&ccedil;os de Caldas, Minas Gerais.</p>

<p>Seu website chamava-se &quot;Seja Argumentada Verdade&quot; e dizia divulgar &quot;a not&iacute;cia transparente&quot;. Este &quot;Armando&quot;, no entanto, nunca existiu. Teu trabalho, segundo relatam, era alimentar o blog com postagens desmentindo supostos boatos sobre isto Dilma Rousseff e digitar textos parciais e contr&aacute;rios a teu principal advers&aacute;rio, Jos&eacute; Serra (PSDB), que acabou derrotado no segundo turno. A p&aacute;gina tamb&eacute;m chegou a ter not&iacute;cias falsas. De Origem Humilde , para disseminar seu tema, o servi&ccedil;o acabou envolvendo a forma&ccedil;&atilde;o de perfis falsos - no m&iacute;nimo 131 deles no Twitter, segundo uma listagem &agrave; qual a BBC Brasil teve acesso.</p>

<p>Fra&ccedil;&atilde;o desses perfis, 84, ainda est&atilde;o &quot;vivos&quot; pela rede social, ainda que inativos, e podem ser conferidos por cada um. A organiza&ccedil;&atilde;o apontada pelos entrevistados como respons&aacute;vel por servi&ccedil;o &eacute; a Ahead Marketing, de Gabriel Arantes Cec&iacute;lio e, pela &eacute;poca, assim como de Arnaldo Lincoln de Azevedo. Em seu blog, &eacute; descrita como uma companhia que adaptou o &quot;marketing de guerrilha&quot; pra realidade pol&iacute;tica.</p>

<p>Apresenta servi&ccedil;os como o de &quot;invisible talkers&quot; (comunicadores invis&iacute;veis), &quot;grupo de agentes treinados que adicionam mensagens em pontos estrat&eacute;gicos da cidade, por interven&ccedil;&atilde;o de di&aacute;logos entre eles mesmos ou com a popula&ccedil;&atilde;o&quot;. Questionados por e-mail, os dois negaram ter participado pela &quot;produ&ccedil;&atilde;o de not&iacute;cias falsas&quot;, todavia n&atilde;o responderam &agrave; pergunta sobre a realiza&ccedil;&atilde;o de perfis falsos.</p>

<ol>

<li>4 Pesquisa hoje</li>

<li>Dimens&otilde;es da Governan&ccedil;a</li>

<li>Mestrado em Gerenciamento Costeiro da Universidade Federal do Rio Grande (Furg)</li>

<li>33 Seus coment&aacute;rios importam - Lembrete final pra realizar a pesquisa global da Wikimedia</li>

<li>Tem pretens&atilde;o ser um pesquisador</li>

<li>tr&ecirc;s A internet como ferramenta de inclus&atilde;o Digital</li>

<li>Prefeitura de Agrad&aacute;vel Jesus</li>

<li>14 de Junho</li>

</ol>

<p>Al&eacute;m do mais, disseram n&atilde;o poder falar se foram contratados para atuar na campanha de Dilma Rousseff em 2010 pelo motivo de n&atilde;o falam a respeito &quot;consumidores ou supostos consumidores&quot; (leia mais abaixo). O website da ag&ecirc;ncia O Que Define Um Curso De P&oacute;s-gradua&ccedil;&atilde;o De Qualidade? participou &quot;dentro e fora do Brasil&quot; de &quot;campanhas vitoriosas pra Presid&ecirc;ncia da Rep&uacute;blica, governos estaduais e de grandes capitais&quot;, sem especificar quais. N&atilde;o h&aacute; pela presta&ccedil;&atilde;o de contas da campanha de 2010 de Dilma e do PT Como Estudar Sozinho Pra Concursos? de pagamentos &agrave; Ahead Marketing. 234 1000, entretanto, da campanha do aliado e hoje governador de Minas Gerais, Fernando Pimentel (PT), a &quot;G. Cec&iacute;lio e Cia Ltda&quot;, de Gabriel Cec&iacute;lio Arantes.</p>

<p>Pimentel concorreu ao Senado em 2010 e, no come&ccedil;o daquele ano, foi um dos coordenadores da campanha de Dilma &agrave; Presid&ecirc;ncia. Ele tamb&eacute;m aparece nos tu&iacute;tes de alguns dos perfis falsos, que publicaram mensagens favor&aacute;veis n&atilde;o apenas ao deste modo candidato, como tamb&eacute;m a postulantes do PT aos governos estaduais. Vinte de setembro de 2010. A &quot;usu&aacute;ria&quot; assim como tuitava em prol de Dilma: &quot;Programa de Dilma mostra a hist&oacute;ria de exist&ecirc;ncia de uma mulher vitoriosa&quot;, escrevera um m&ecirc;s antes.</p>

<p>BBC Brasil Fabricio Benevenuto, professor do departamento de Ci&ecirc;ncia e Computa&ccedil;&atilde;o da Escola Federal de Minas Gerais (UFMG), demonstrando ang&uacute;stia com a &quot;tentativa de manipula&ccedil;&atilde;o de avalia&ccedil;&atilde;o p&uacute;blica atrav&eacute;s do uso de perfis falsos&quot; por esse ano. Para Pablo Ortellado, professor do curso de Gest&atilde;o de Pol&iacute;ticas P&uacute;blicas da USP, a descoberta &quot;mostra que o Brasil tem no m&iacute;nimo oito anos de 'know-how' de que forma fazer fakes de forma sofisticada como estrat&eacute;gia organizada de campanhas pol&iacute;ticas&quot;.</p>

<p>Atrav&eacute;s de sua assessoria de imprensa, Dilma negou que tenha contratado tal servi&ccedil;o. Depoimentos dos entrevistados na BBC Brasil e tu&iacute;tes evidenciam que campanhas de pol&iacute;ticos como A&eacute;cio Neves (PSDB-MG), deste modo candidato &agrave; Presid&ecirc;ncia, o presidente do Senado, Eun&iacute;cio Oliveira (PMDB-CE), e o senador Renan Calheiros (PMDB-AL) teriam contratado o servi&ccedil;o. Os 4 ex-funcion&aacute;rios chegavam pra trabalhar diariamente por volta das 10h em um apartamento em Higien&oacute;polis, bairro nobre na zona central de S&atilde;o Paulo, segundo relatam os entrevistados na BBC Brasil.</p>

[[image http://becasparatodos.com/wp-content/uploads/2017/01/7AC.png&quot;/&gt;

<p>Assim como trabalhavam ali um diagramador e, de vez enquando, uma pessoa de tecnologia da fato, esclarecem os entrevistados. As artigos variavam principalmente entre not&iacute;cias que atacavam Serra e textos que desmentiam boatos sobre Dilma que, pela data, circulavam em outros sites, grupos de Orkut e correntes de email. O blog tinha as categorias: &quot;(Des)governo do PSDB&quot;, &quot;Desmentindo boatos&quot;, &quot;Partido da Imprensa Golpista&quot; e &quot;PSDB: Mancadas da campanha&quot;, al&eacute;m de outros mais.</p>

<p>Um exemplo de publica&ccedil;&atilde;o que tencionava desmentir textos falsos sobre Dilma &eacute; uma que explica que o presidente Michel Temer (PMDB), vice na chapa, n&atilde;o era satanista. Esta artigo que fazia uma compila&ccedil;&atilde;o de links de &quot;desmentidos de e-mails falsos sobre isto Dilma&quot; foi bastante disseminada - obteve setenta coment&aacute;rios no web site.</p>

Comments: 0

Add a New Comment

Unless otherwise stated, the content of this page is licensed under Creative Commons Attribution-ShareAlike 3.0 License